Informações adicionais:
Anacrônica. Esta a é a linha temporal que se segue desde os primórdios para tentar explicar o mistério que envolve a vida e cada evolução dos seres. De acordo com alguns pensadores, baseados em leis ou mesmo ideais mirabolantes de suas mentes magnificamente brilhantes, somos o futuro. O novo nos aguarda. Somente os únicos capaz de adquirirem a força, podem continuar na linha de sobrevivência. Adaptar-se é o termo correto para denominar a morte dos que são deixados para trás por serem considerados "menos evoluídos". A real face deve apenas definir: você está com aqueles que buscam o mesmo ou pretende fazer a diferença mediante ao que realmente és?

Houguen, Myrina

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Houguen, Myrina

Mensagem por Myrina V. Houguen em Qua Jul 01, 2015 2:13 am


Myrina

— Nome Completo: Myrina Valzak Houguen;
— Idade: 16 anos;
— Facção Originária: Amizade;
— Facção Escolhida: Audácia;
— Designição: Iniciada;
— Índole: Neutra;
História:



— dezesseis anos, não me lembro se hoje é lua cheia ou crescente.

Oh Diário, estou tão nervosa, hoje decidirei se irei ir para onde minha personalidade manda ou para onde meu coração manda. Não quero abandonar aqueles que comigo viveram até agora, mas também não quero ficar e ser obrigada a mudar. Juro que levarei você comigo, e te contarei o que puder.

— dezesseis anos, horas depois da cerimonia.

Não consegui te trazer comigo.
Consegui arrumar um novo caderninho e uma caneta, poderei te contar o que aconteceu, então, assim que pude escolher o que fazer, cortei minha mão e caminhei até o pote pertencente a Audácia. Eu sabia o que fazer, finalmente. Todos diziam para não seguir meu coração naquele momento, então obedeci, e fui aceita com palmas calorosas dos audaciosos, que tinham mais uma para alimentar. As moças que escolhiam a minha facção me chamavam atenção, até conheci uma delas, de qual nome não sei, muito bonita, pouco simpática. Apesar de não ter medo de pular, não consegui pular primeiro, fui ofuscada por alguém que logo se jogou do prédio. Não acredito que mudei meu nome! Myrina, por que raios eu escolhi esse nome? Poderia ter escolhido Dianna, Charlotte, poderia ter escolhido nomes muito melhores, mas escolhi esse.

Começarei minhas lutas e coisas desse tipo em algum dia, de algum ano, de algum mês, só não sei quando.

Como você é novo, senhor Tummus — Que por sinal, é como eu chamava meu antigo diário — vamos recapitular, eu me chamo Lúcia Valzak Houguen, ou era, pelo menos. Agora me chamo Myrina Valzak Houguen, sou filha de um casal muito simpático, minha mãe se chama Juliana e meu pai se chama Lazaro. Tenho dezesseis anos e morro de medo de sentir medo, tanto quanto tenho medo de leões. Certeza tenho de que isso irá me atrapalhar no futuro. Assim que fiz 10 anos meus pais me deram um diário, no qual escrevia até hoje, pena que ele foi deixado para trás, assim como minhas coisas. A destruição é minha melhor amiga, e meu marido é o futuro, nossa, como fui poética agora. Minha vida de nada te interessa, assim como a mim não interessa. O mais interessante em toda ela fora o dia de hoje, e talvez o dia de amanhã.

O que dizer de mim mesma para você, meu amigo mais novo e ao mesmo tempo mais antigo? Acho que encerarei esse dia por aqui e irei me deitar, tentando esquecer-me de você e pessoas que com certeza não ligam para mim, igual essas pessoas ao meu redor.


Características Psicológicas:


Nunca foi a garota da Amizade, a fofa que nunca brigava e presava pela paz. Era a destruidora, gostava de estragar as coisas dos outros, dançar sozinha e ficar longe dos que eram do jeito que ela deveria ser, achava que eles tentariam muda-la, faze-la aceitar que não deveria ser diferente. Sempre usando vermelho e andando perdida pela cidade, observando os que corriam livres, querendo ser como eles. Querendo ser um pássaro.  É sexy, gosta de seduzir todos que passam por ela, diz que é seu esporte favorito, brincar com as pessoas. Apesar de não ser a perfeita garota da amizade ama ajudar os amigos, apesar de que algumas vezes se nega e briga com eles, chegando a ficar semanas sem se comunicar com eles, sendo considerada orgulhosa.


oi


Atributos:

— Ginástica;
— Reflexos.
Pertences:

— Um diário com a capa feita de couro.
— Uma caneta preta com a tampa cor de rosa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Houguen, Myrina

Mensagem por Divergent em Qui Jul 02, 2015 4:58 pm


Seja Bem-Vindo
Ao Divergente;


Quem diria que uma garota da amizade se tornaria alguém de coração tão apertado para o mundo externo. Orgulhosa, algo extremamente clichê, posso dizer, não obstante me vem diferentes modos pela garota a qual aqui o tenho. A loira parece aterrizadamente maligna em relação aos corações alheiros, no entanto, cautela, você gosta de brincar e há sempre aqueles que detestam brincadeiras.


Aprovada.
Entities
avatar
Entities

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum